Ver Todos os exames

Sollutio: PARVOPCR

TUSS: 40314189

Pesquisa de Eritrovírus (Parvovírus B19) por Método Molecular


Sinônimos

Detecção de Parvovírus B19 por PCR qualitativo, Detecção Molecular de Parvovírus B19, PCR qualitativo para Parvovírus B19, Detecção de DNA de Parvovírus B19, Detecção por biologia molecular parvovírus B19, Detecção por PCR qualitativo eritrovírus B19, Pesquisa molecular de Parvovírus B19, Pesquisa molecular qualitativa Parvovírus B19, PVB19

Especialidades

Infectologia | Pediatria


Sobre o exame

O parvovírus humano B19 (PVB19) é um patógeno da família Parvoviridae, geralmente associado a eritema infeccioso na infância, podendo acarretar a quadros graves ou morte fetal. Este exame auxilia no diagnóstico de infecção aguda pelo eritrovírus, principalmente quando a sorologia se mostra inconclusiva.

Doenças Relacionadas

Parvovirose, Artropatias, Artralgia, Eritema infeccioso, Anemia crônica, Doença exantemática, Eritema infeccioso, Artrite, crise aplástica transitória, hidropsia, miocardite

Produção

Material

Sangue periférico | Medula óssea | Líquido amniótico

Meio(s) de Coleta

Sangue periférico e Medula óssea: Tubo com EDTA (tampa roxa) | Líquido amniótico: Tubo estéril (não reutilizado e não reprocessado)

Temperatura

Refrigerada  (2 a 8°C)

Volume Mínimo

Orientações variam conforme o material. Ver Informações Adicionais.

Método

PCR em Tempo Real 

Estabilidade da Amostra

Ambiente-

Freezer-

Refrigerada24 horas

Prazo de Resultado*

5 dias úteis

*O prazo tem início a partir do momento que o material chega em nossa área técnica

Realização

Segunda a sexta-feira


Instruções

Preparo

Jejum: Este exame não necessita de jejum ou preparo especial.

Coleta

Sangue total: realizar a coleta utilizando o meio(s) de coleta indicado, Após coletar, inverta gentilmente o tubo de 3 a 5 vezes para  homogeneizar a amostra e acondicionar corretamente na temperatura indicada

Medula óssea: amostra coletada por procedimento médico, encaminhar o material no tubo e temperatura indicada.

Líquido amniótico: amostra coletada por procedimento médico, encaminhar o material em frasco estéril e manter na temperatura  indicada.

Transporte e Armazenamento

Transportar e armazenar a amostra refrigerada (2 a 8ºC) 

Estabilidade

Refrigerada (2 - 8 ºC):: até 24 horas após a coleta.

Rejeição

Amostras recebidas diferente das condições solicitadas (tubo incorreto, volume de amostra impróprio, fora da estabilidade e/ou temperatura incorreta), amostras coaguladas, material enviado em seringa com agulha, armazenamento e/ou transporte em condições inadequadas e identificação inadequada ou incorreta.

Informações Adicionais

Orientações para VOLUME MÍNIMO de coleta:

  • Sangue periférico: 2 tubos de 5mL
  • Medula óssea: 1 tubo de 5mL - Não será aceito material enviado em seringa com agulha.
  • Líquido amniótico: 1 tubo de 10 mL - Não será aceito material enviado em seringa com agulha.

Interpretação do Exame

Positivo: presença do vírus

Negativo: ausência do vírus ou devido à presença do DNA do vírus abaixo do limite de detecção do método.

Obs: a metodologia PCR em tempo real utiliza a amplificação de uma região conservada do gene NS1 (proteína não estrutural) do DNA do eritrovírus (parvovírus B19). Para o controle do processo, um segmento do gene da beta-actina é amplificado em multiplex.

Restrições-

Documentos para download

Documento

Código


Não encontrou o que precisava?
Fale com nossa equipe e veja como podemos te ajudar


Parceria e Orçamentos

Converse com nossa equipe comercial para condições especiais e parcerias.


Dúvidas e Assessoria

Entre em contato com os nossos profissionais para maiores informações sobre os exames e procedimentos da Sollutio


Garantia de qualidade


Certificado de Acreditação PALC


Certificado de Proficiência em Ensaios Laboratoriais CONTROLLAB


Ensaio de Proficiência - Certificado de Participação


Termo de Responsabilidade Técnica CRBio


Certificador de Regularidade de Inscrição de Pessoa Jurídica CREMESP