Ver Todos os exames

Sollutio: ZDC

Painel Molecular de Arboviroses


Sinônimos

Dengue, Zika Vírus, Chikungunya

Especialidades

Infectologia


Sobre o exame

Com a ocorrência de surtos de Zika e Chikungunya no ano de 2015 e a recorrência de surtos de Dengue, essas arboviroses tornaram-se um problema de saúde pública.

Por possuírem em sua fase inicial sintomas clínicos semelhantes, a identificação do arbovírus através do diagnóstico clínico é insuficiente, necessitando de um diagnóstico laboratorial com o objetivo de identificar qual é o patógeno causador da doença para uma condução correta do tratamento, evitando complicações para os pacientes.

O exame laboratorial mais comumente utilizado para detecção de dengue e zika é o ensaio de imunoabsorção enzimática (Elisa), porém esse procedimento acarreta inúmeras reações cruzadas entre os patógenos, sendo assim, o RT-PCR permite um método mais preciso e sensível até em estágios iniciais.

Doenças Relacionadas

Dengue, Doença pelo Zika vírus, Febre de Chikungunya

Produção

Material

Soro ou Plasma

Meio(s) de Coleta

Soro: Tubo seco (vermelho) ou gel separador (amarelo) | Plasma: Tubo perolado (PPT) ou EDTA-K2 (tampa roxa anel amarelo).

Temperatura

Refrigerada: 2ºC a 8ºC

Volume Mínimo

5 mL

Método

Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) Real Time

Estabilidade da Amostra

Ambiente-

Freezer-

Refrigerada72h

Prazo de Resultado*

2 dias úteis

*O prazo tem início a partir do momento que o material chega em nossa área técnica

Realização

Segunda-feira a sábado


Instruções

Preparo

Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais.

Coleta

Soro: coletar em tubo sem anticoagulante (tampa amarela ou vermelha) com ou sem gel separador. Realizar a centrifugação a 3200 rpm por 10 minutos. Se a coleta for realizada no tubo com gel separador, após a completa centrifugação e separação do gel e soro, manter o soro no mesmo tubo e enviar refrigerado, não há necessidade de aliquotar o material. Caso a coleta seja realizada em tubo seco, sem o gel separador, após a completa centrifugação, será necessário aliquotar o soro em um tubo de transporte para o envio do material e manter refrigerado.

Plasma: coletar em tubo perolado (PPT) ou EDTA-K2 (tampa roxa anel amarelo). Realizar imediatamente a centrifugação 2200g por 10 minutos. Após a completa centrifugação e separação do plasma, manter o material refrigerado, não aliquotar o material em outro tubo,

Transporte e Armazenamento

Transportar refrigerado (2°C a 8°C).

Acondicionar o material nas bags disponibilizadas pelo laboratório Sollutio.

Estabilidade

REFRIGERADA: 2 a 8०C até 72 horas

Rejeição

Amostras recebidas diferente das condições solicitadas em guia.

Amostras fora da estabilidade e em temperatura inadequada promovem a degradação do material, interferindo diretamente no resultado.

Volume insuficiente.

Hemólise grau 1 ou lipêmicas.

Informações Adicionais-

Interpretação do Exame

Detectado: Indica a presença de um ou mais patógenos pesquisados na amostra.

Não Detectado: Indica a ausência de patógenos na amostra ou concentração de carga viral inferior ao limite de sensibilidade analítica do teste.

Inconclusivo: Sem amplificação do controle interno.

O limite de detecção deste exame é de 300 cópias/reação.

Este é um ensaio in vitro para detecção múltipla dos vírus Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

Restrições-

Documentos para download

Documento

Código


Não encontrou o que precisava?
Fale com nossa equipe e veja como podemos te ajudar


Parceria e Orçamentos

Converse com nossa equipe comercial para condições especiais e parcerias.


Dúvidas e Assessoria

Entre em contato com os nossos profissionais para maiores informações sobre os exames e procedimentos da Sollutio


Garantia de qualidade


Certificado de Acreditação PALC


Certificado de Proficiência em Ensaios Laboratoriais CONTROLLAB


Ensaio de Proficiência - Certificado de Participação


Termo de Responsabilidade Técnica CRBio


Certificador de Regularidade de Inscrição de Pessoa Jurídica CREMESP