Ver Todos os exames

Sollutio: IMUNOFENO

TUSS: 40403254 | 40304728 | 40304701

Imunofenotipagem


Sinônimos

Imunofenotipagem para Leucemias, Imunofenotipagem para Linfomas, Mieloma Múltiplo, Neoplasia Mielodisplásica, Leucemia Aguda, Neoplasia Linfoproliferativa Crônica, Neoplasia Mieloproliferativa Crônica

Especialidades

Hematologia


Sobre o exame

É realizado para diagnóstico ou acompanhamento de doenças onco-hematológicas, como leucemia aguda, neoplasias linfoproliferativas crônicas, neoplasia mielodisplásica, mieloma múltiplo etc

Doenças Relacionadas

Leucemia Aguda, Neoplasia Mielodisplásica, Neoplasias linfoproliferativa crônica, Mieloma múltiplo

Produção

Material

Dependerá da hipótese diagnóstica. Ver em Informações Adicionais.

Meio(s) de Coleta

Variavel conforme material. Ver em Informações Adicionais.

Temperatura

Variavel conforme material.

Volume Mínimo

Variavel conforme material. Ver em Informações Adicionais.

Método

Citometria de Fluxo

Estabilidade da Amostra

AmbienteVariavel conforme material.

Freezer-

RefrigeradaVariavel conforme material.

Prazo de Resultado*

4 dias úteis

*O prazo tem início a partir do momento que o material chega em nossa área técnica

Realização

Segunda-feira a sábado


Instruções

Preparo

Amostras coletadas no tubo de EDTA, homogeneizar (8-10x) cuidadosamente. o tubo contendo o material.

Coleta

Coleta sangue: Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. É imprescindível o envio de 1 tubo em EDTA (tampa roxa) de sangue periférico

Coleta medula: Amostra coletada através de procedimento médico por aspiração de medula óssea. Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. É imprescindível o envio do aspirado de medula no tubo EDTA (tampa roxa).

Coleta líquidos biológicos: Amostra coletada através de procedimento médico. Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. Utilizar os meios específicos para acondicionamento do material (tubo seco).

Coleta líquor: Amostra coletada através de procedimento médico.. Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. Utilizar os meios específicos para acondicionamento do material (RPMI ou Transfix)

Transporte e Armazenamento

Armazenar e transportar o material em temperatura ambiente (18ºC a 25ºC):

  • Sangue periférico : EDTA
  • Medula óssea: EDTA
  • Líquidos biológicos: tubo seco

Armazenar e transportar o material refrigerado (2°C a 8°C):

  • Líquor: RPMI ou transfix
Estabilidade

AMBIENTE (18ºC a 25ºC): sangue periférico, medula óssea e líquidos biológicos. Amostra estável até 24 horas após coleta.

REFRIGERADA (2°C a 8°C): Apenas para líquor, meio RPMI até 18h após a coleta ou meio Transfix até 24h após a coleta.

Rejeição

Amostras de sangue periférico serão rejeitadas após 72 horas após coleta.

Informações Adicionais

Para avaliar Doença Residual Mínima (DRM) é necessário enviar o laudo da imunofenotipagem do diagnóstico do paciente.

Orientações de MATERIAL a ser enviado para cada hipótese:

  • Leucemia Aguda: Medula óssea ou Sangue periférico;
  • Neoplasia Mielodisplásica: Medula óssea;
  • Neoplasia linfoproliferativa crônica: Sangue periférico ou Medula óssea;
  • Mieloma Múltiplo: Medula óssea;
  • Doença Residual Mínima (DRM): Medula óssea (para avaliar DRM de Leucemia Aguda ou Mieloma Múltiplo) ou Sangue Periférico (para avaliar DRM de neoplasia linfoproliferativa crônica).

Orientações de VOLUME MÍNIMO a ser enviado para cada hipótese:

  • Sangue periférico: 5 mL
  • Medula óssea: 1 mL
  • Líquidos Biológicos: 2 a 10 mL
  • Líquor: 1 mL

Orientações de MEIOS DE COLETA a ser enviado para cada hipótese:

  • Sangue periférico: Tubo de EDTA (tampa roxa)
  • Medula óssea: Tubo de EDTA (tampa roxa)
  • Líquidos biológicos: Tubo seco (tampa branca)
  • Líquor: Meio de coleta específico (Tranfix ou RPMI)

Interpretação do Exame

A avaliação e interpretação do laudo de imunofenotipagem estão correlacionadas com os marcadores analisados e hipótese diagnóstica de cada paciente, portanto são variáveis.

Restrições

As amostras serão processadas sob restrição se houver coágulo, hemólise, estabilidade (após 48 horas).

Documentos para download

Documento

Código


Não encontrou o que precisava?
Fale com nossa equipe e veja como podemos te ajudar


Parceria e Orçamentos

Converse com nossa equipe comercial para condições especiais e parcerias.


Dúvidas e Assessoria

Entre em contato com os nossos profissionais para maiores informações sobre os exames e procedimentos da Sollutio


Garantia de qualidade


Certificado de Acreditação PALC


Certificado de Proficiência em Ensaios Laboratoriais CONTROLLAB


Ensaio de Proficiência - Certificado de Participação


Termo de Responsabilidade Técnica CRBio


Certificador de Regularidade de Inscrição de Pessoa Jurídica CREMESP