Ver Todos os exames

Sollutio: FISHBCRABL

FISH para rearranjo BCR/ABL


Sinônimos

Hibridação in situ t(9;22), rearranjo BCR/ABL por FISH, rearranjo BCR/ABL1, pesquisa do cromossomo Philadelphia por FISH, FISH para PH+, Painel de mutações germinativas para anemia de Fanconi

Especialidades

Citogenética | Hematologia | Oncogenética


Sobre o exame

Hibridação in situ Fluorescente.

Pesquisa do rearranjo dos genes BCR e ABL1

Doenças Relacionadas

Leucemia Mielóide Crônica (LMC), Leucemia Linfóide Aguda (LLA), Leucemia Mielóide Aguda (LMA)

Produção

Material

Sangue periférico ou medula óssea

Meio(s) de Coleta

Tubo de heparina sódica (verde ou azul escuro)

Temperatura

Refrigerada (2ºC a 8ºC) 

Volume Mínimo

5 mL

Método

Hibridação in situ fluorescente (FISH)

Estabilidade da Amostra

Ambiente-

Freezer-

Refrigerada24 horas

Prazo de Resultado*

12 dias úteis

*O prazo tem início a partir do momento que o material chega em nossa área técnica

Realização

Segunda-feira a sábado


Instruções

Preparo

Jejum: Este exame não necessita de jejum ou preparos especiais.

Enviar formulário e pedido médico.

Coleta

Coleta sangue: Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.

É imprescindível o envio de 1 tubo de sangue total em heparina sódica.

Coleta medula: Amostra coletada através de procedimento médico por aspiração de medula óssea. Realizar coleta utilizando material e tubo de recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. É imprescindível o envio de 1  tubo de sangue total em heparina sódica. contendo aspirado de medula óssea.

Obs: Amostra única para realização deste exame, não sendo possível compartilhar.

Transporte e Armazenamento

Transportar e armazenar refrigerado (2ºC a 8ºC)

Importante não manter contato com gelo, para evitar a hemólise do material.

Estabilidade

REFRIGERADA: 2 a 8ºC até  24 horas após a coleta.

Rejeição

Amostra congelada

Informações Adicionais-

Interpretação do Exame

O cromossomo Philadelphia resulta do rearranjo BCR/ABL1 ou translocação 9:22 e está presente na maioria dos casos de  LMC, LLA e mais raramente em LMA.  Esta fusão é denominada translocação BCR/ABL (p190 e p210) ou translocação t(9;22). 

Restrições

O material será avaliado sob restrição até 72h após a coleta.

Amostra coagulada;

Volume inferior ao preconizado.

Documentos para download

Documento

Código


Não encontrou o que precisava?
Fale com nossa equipe e veja como podemos te ajudar


Parceria e Orçamentos

Converse com nossa equipe comercial para condições especiais e parcerias.


Dúvidas e Assessoria

Entre em contato com os nossos profissionais para maiores informações sobre os exames e procedimentos da Sollutio


Garantia de qualidade


Certificado de Acreditação PALC


Certificado de Proficiência em Ensaios Laboratoriais CONTROLLAB


Ensaio de Proficiência - Certificado de Participação


Termo de Responsabilidade Técnica CRBio


Certificador de Regularidade de Inscrição de Pessoa Jurídica CREMESP