Ver Todos os exames

Sollutio: BCR190QT

TUSS: 40503542

BCR-ABL Quantitativo p190


Sinônimos

Leucemias, Translocação do cromossomo 9:22 quantitativo p190, BCR-ABL1 tipo P190, Pesquisa de rearranjo BCR-ABL1 quantitativo, Pesquisa quantitativa do cromossomo Filadelfia, Quantificação do transcrito P190

Especialidades

Oncohematologia


Sobre o exame

O cromossomo Philadelfia é uma anormalidade cromossômica resultando em uma translocação recíproca entre o gene ABL (cromossomo 9) e o gene BCR (cromossomo 22), formando o gene quimérico BCR-ABL. A proteína resultante dessa fusão pode ter vários tamanhos de acordo com seu ponto de quebra: isoforma 210kDA ou isoforma 190kDa.

O cromossomo Philadelfia é encontrado em mais de 90% dos casos de leucemia mieloide crônica (LMC); 25-30% nos adultos e de 2-10% das crianças com leucemia linfoide aguda (LLA); e ocasionalmente está relacionada a leucemia mieloide aguda (LMA).

Este estudo é indicado principalmente no diagnóstico da LMC e LLA.

Doenças Relacionadas

Leucemia mieloide crônica, Leucemia linfoide aguda, Leucemia mieloide aguda

Produção

Material

Sangue periférico ou aspirado de medula óssea

Meio(s) de Coleta

Tubo de EDTA (roxo)

Temperatura

Refrigerada: 2ºC a 8ºC

Volume Mínimo

24 ml de sangue periférico ou 4mL de medula óssea em EDTA (tampa roxa)

Método

Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) em Tempo Real

Estabilidade da Amostra

Ambiente-

Freezer-

Refrigerada72h

Prazo de Resultado*

10 dias úteis

*O prazo tem início a partir do momento que o material chega em nossa área técnica

Realização

Segunda-feira a sábado


Instruções

Preparo

Jejum: Não é necessário jejum ou cuidados especiais.

Dados: Enviar documentos obrigatórios como pedido médico, informações do paciente (dados pessoais, CPF e exame a ser realizado) e laudo do hemograma.

Coleta

Coleta medula: Amostra coletada através de procedimento médico por aspiração de medula óssea. Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. É imprescindível o envio de 1 tubo EDTA (tampa roxa) de aspirado de medula óssea.

Importante: em casos de Leucemia Linfocítica Aguda, aceita-se preferencialmente aspirado de medula óssea.

Coleta sangue: Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente. É imprescindível o envio de 4 tubos em EDTA (rolha roxa) contendo 6mL de sangue periférico.

Obs: enviar no tubo de 6mL da Greiner Bio One K3E K3EDTA

Transporte e Armazenamento

Transportar refrigerado (2°C a 8°C).

Acondicionar o material nas bags disponibilizadas pelo laboratório Sollutio.

Estabilidade

REFRIGERADA: 2 a 8०C até 72 horas

Rejeição

Amostras recebidas diferente das condições solicitadas;

Amostras heparinizadas ou enviadas em tubo de tampa verde serão rejeitadas, pois a heparina interfere na análise por PCR;

Amostras fora da estabilidade e em temperatura inadequada degradam e com isso diminui a sensibilidade de quantificação do material genético (RNA), interferindo diretamente no resultado obtido;

Volume insuficiente, sendo necessário o envio de 4 mL de medula óssea ou 16mL de sangue periférico, uma vez que a quantificação está relacionada com total nos leucócitos, qualquer volume inferior ao preconizado interfere no resultado final

Tubos de coleta com rachaduras, tampas quebradas ou qualquer outro tipo de avaria que possa contaminar a amostra não serão aceitos, sendo pedido a recoleta.

Informações Adicionais

Enviar junto com o formulário hemograma realizado recentemente.


Interpretação do Exame

Este exame quantifica o transcrito do produto de fusão de parte do oncogene ABL com o gene BCR, proveniente da translocação entre os cromossomos 9 e 22 (cromossomo Filadélfia - Ph). Esta fusão, denominada translocação BCR/ABL, dá origem a duas isoformas que codificam as proteínas p210 e p190, geralmente detectadas em tipos distintos de leucemias Ph positivas. Neste exame é realizada apenas a quantificação do transcrito p190, estando presente em maior concentração nos casos de Leucemia Linfoide Aguda (LLA), mas também pode ser encontrado em casos raros de Leucemia Mieloide Crônica (LMC).

Classifica-se como resultado "não detectável" níveis baixos de transcritos que não permitem a sua detecção.

Classifica-se como resultado “inconclusivo” quando há interferentes na amostra ou degradação do RNA.

Sensibilidade analítica: RM 4,5/5.

Valores de referência segundo a escala internacional:

  • Sem queda: 100%
  • Queda de 1 LOG: 10%
  • Queda de 2 LOG: 1%
  • Queda de 3 LOG: 0,1% (RMM)
  • Queda de 4 LOG: 0,01% (RM 4)
  • Queda de 4,5 LOG: 0,0032% (RM 4,5)
Restrições-

Documentos para download

Documento

Código


Não encontrou o que precisava?
Fale com nossa equipe e veja como podemos te ajudar


Parceria e Orçamentos

Converse com nossa equipe comercial para condições especiais e parcerias.


Dúvidas e Assessoria

Entre em contato com os nossos profissionais para maiores informações sobre os exames e procedimentos da Sollutio


Garantia de qualidade


Certificado de Acreditação PALC


Certificado de Proficiência em Ensaios Laboratoriais CONTROLLAB


Ensaio de Proficiência - Certificado de Participação


Termo de Responsabilidade Técnica CRBio


Certificador de Regularidade de Inscrição de Pessoa Jurídica CREMESP