Ver todas as especialidades

Histocompatibilidade

A histocompatibilidade é a capacidade de dois tecidos ou órgãos de diferentes indivíduos de uma mesma espécie serem transplantados, sem serem rejeitados pelo sistema imunológico do receptor.


A histocompatibilidade é determinada geneticamente e muda de indivíduo para indivíduo, sendo que a presença ou ausência de determinados antígenos de histocompatibilidade pode influenciar na aceitação ou rejeição do tecido transplantado. Isso ocorre porque os tecidos do doador apresentam uma série de proteínas denominadas antígenos de histocompatibilidade (HLA), que funcionam como marcadores que permitem ao sistema imunológico do receptor identificar se o tecido transplantado é "próprio" ou "estranho".

A compatibilidade entre os antígenos de histocompatibilidade do doador e do receptor é condição elementar das atividades transplantacionais: em casos de transplantes de órgãos sólidos, como coração, fígado, rim, pâncreas e pulmão é fundamental para reduzir as chances de rejeição do órgão transplantado; no caso de transplante de células tronco hematopoiéticas, para minimizar o doença do enxerto contra o hospedeiro.

O sistema HLA (human leukocyte antigens ou antígenos de histocompatibilidade humana) se localiza no braço curto do cromossomo 6, sendo herdado em bloco e expresso em co-dominância. O loci gênicos do HLA são agrupados em 3 classes, de acordo com estrutura, função e localização.

  • Genes HLA - Classe I: altamente polimórficos, responsáveis pela codificação das moléculas de histocompatibilidade clássicas, exemplo: HLA-A, HLA-B e HLA-C e não clássicas, exemplo: HLA-E, HLA-F e HLA-G. As moléculas clássicas estão presentes em todas as células nucleadas, logo não clássicas como HLA-E e HLA-F são expressas em tecidos fetais e HLA-G predomina na interface materno-fetal (citotrofoblastos invasivos), envolvidos potencialmente na tolerância a gravidez.
  • Genes HLA - Classe II: possuem organização mais complexa e são divididos em sub-regiões: DR, DP e DQ, codificando moléculas expressas em células que apresentam antígenos como linfócitos B, células dendríticas, macrófagos e alguns tipos de linfócitos T.
  • Gene HLA - Classe III: codificam proteínas importantes do sistema imune, como componentes do sistema complemento, fator de necrose tumoral, entre outros.

Não encontrou o que precisava?
Fale com nossa equipe e veja como podemos te ajudar


Parceria e Orçamentos

Converse com nossa equipe comercial para condições especiais e parcerias.


Dúvidas e Assessoria

Entre em contato com os nossos profissionais para maiores informações sobre os exames e procedimentos da Sollutio


Garantia de qualidade


Certificado de Acreditação PALC


Certificado de Proficiência em Ensaios Laboratoriais CONTROLLAB


Ensaio de Proficiência - Certificado de Participação


Termo de Responsabilidade Técnica CRBio


Certificador de Regularidade de Inscrição de Pessoa Jurídica CREMESP